Clinica Tera LOGO

Abdominoplastia

Flor de Lotus 1Flor de Lotus 2

Indicação:

A maioria dos pacientes que procura uma abdominoplastia o faz devido ao desejo de corrigir uma anormalidade de contorno corporal, Excessos de pele, gordura ou os dois elementos são indicações mais comuns para esta cirurgia.


Anestesia:

Pode ser realizada com anestesia peridural ou anestesia geral.

 

Procedimentos:

A cirurgia é realizada através de uma incisão com o mesmo posicionamento  utilizado na cesariana, com extensão até a região lateral do quadril. É feito um deslocamento em toda a parede anterior/lateral do abdômem, liberação do umbigo, fechamento dos músculos, abertura do umbigo e retirada do excesso de pele e gordura. Neste mesmo procedimento hérnias podem ser corrigidas, em geral, a hospitalização é de 24 horas.

A cirurgia dura em média 2 h e 30 minutos.

 

Riscos:

As complicações mais comuns da abdominoplastia, em ordem decrescente de frequência, são : Seromas (acúmulo de líquido), hematomas (sangramentos), infecções, deiscências parciais e necrose cutâneas, ligadas a tabagismo, diabetes, obesidade mórbida e doenças cardiovasculares juntas, estas complicações ocorrem em 12% de todas as abdominoplastias e correspondem por mais de 98% de todas as complicações relatadas. Complicações mais graves como necrose extensa de pele, trombose venosa profunda ou embolia pulmonar são muito raras.

 

Pós operatório:

Em geral, um dreno a vácuo é utilizado por alguns dias a fim de evitar hematomas. O paciente deve manter repouso relativo enquanto estiver com dreno retornando as suas atividades habituais em 15 dias.

Exercícios físicos só são permitidos após 90 dias e o uso de malha compressiva deve ser feito por 60 dias.

A drenagem linfática é necessária para a recuperação do paciente para um melhor resultatado estético.

Gestação:

Não há contra indicação para uma nova gestação após a abdominoplastia, porém, ocorrerá perda de resultado.